Organizando sua casa

Economia de Água: Como economizar na hora do Banho

O Banho não precisa ser o vilão.

imagem de banheiro

Economizar no Banho é tudo

 

O banheiro sem dúvida é o local da casa onde mais se consome uma grande quantidade de água durante todo o dia. Especialmente na hora do banho. Ainda assim, é o lugar onde podemos oferecer a grande ajuda para a conservação deste bem tão rico, nosso maior recurso natural.
Primeiro precisamos instalar um chuveiro que seja realmente econômico, assim reduzirá o desperdício de água muito mais, do que qualquer técnica ensinada aqui. Não fique só nisso – existem diversas outras maneiras de se diminuir os gastos da sua conta no final do mês.

Evitando o desperdício

  • Coloque em seu banheiro um chuveiro com dispositivo poupador, para diminuir a força da água liberada.
  • Procure tomar banhos mais curtinhos. Você sabia que cada minuto a menos no chuveiro, reduz o seu consumo diário em até 23 litros, serão mais de 500 litros no fim do mês, isto só um minuto a menos, e estamos falando apenas de você. Se achar difícil se controlar, compre um medidor de tempo, o famoso timer shower, custa baratinho, uns 15 reais e o ajuste para 3 ou 4 minutos, isso vai ajudar a lembrar que chegou a hora de sair do chuveiro.
  • Enquanto a água esquenta, junte toda a água fria que cai num balde. Ela poderá ser usada nas plantas, como trataremos mais adiante. Se na pia também tem água quente, pode fazer a mesma coisa.
  • Se pensa em usar a banheira, saiba que o uso dela, requer mais água que o chuveiro. Assim, só use apenas quando de fato for precisar. Ah, não vá encher demais também, coloque o suficiente para para cobrir seu corpo deitado.
  • Fique de olho na temperatura da água no momento em que enche a banheira, para prevenir que a mesma esquente muito, porque assim será preciso colocar mais água fria para dosar a temperatura.
  • Outro detalhe, sempre dê uma olhada na tampinha do ralo, olhe se a água não está escoando. Procure colocar um filtro ou pequena tela na tampa, para que fios de cabelo e outros resíduos não venham a entupir depois.
  • Muitos estão instalando um sistema de reciclagem de água cinza, diretamente na banheira, no chuveiro e também na pia. Assim toda à água seria reaproveitada no jardim, nas descargas, banheiros e até para lavar roupas.

A PIA

mulher-consertando-pia

Cuidando das instalações

  • Instale torneiras com arejadores, estes são capazes de diminuir em até 50% a vazão de água, o que garante mais de 5.000 litros no final do ano. Você poderá também instalar arejadores parafusados, em todas as torneiras da casa.
  • O bom mesmo, seria instalar uma torneira única, apenas para misturar a água: assim você rapidamente encontrará a temperatura certa da água.
  • Só abra as torneiras um pouquinho, pois abrir completamente, o desperdício sobe para até 90%. Acostume-se a abrir somente o essencial.
  • Nunca deixe a torneira aberta, na hora de escovar seus dentes, deixar a torneira aberta, joga fora, algo em torno de 15 litros em um único minuto.

Banheira ou chuveiro?

Eis a polêmica na hora de economizar água, pois muitos dizem que a banheira usa muito mais água que o chuveiro, sinceramente, tudo depende, principalmente, da maneira como usamos os dois.

No nível mais baixo, a banheira consome algo em torno de 50 litros de água, enquanto que no nível cheia consome 150 litros. Um chuveiro com pouca eficiência, libera até 23 litros por minuto. Então, em pouco mais de 2 minutos, este será o consumo da banheira no seu nível mais baixo. Se permanecer algo em torno de 7 minutos no chuveiro, estará gastando o volume de água, necessários para encher a banheira.

Já um bom chuveiro, irá utilizar apenas 9 litros de água por minuto, sendo assim, um banho de 3 a 4 minutos vai consumir muito, mais muito menos, tenha certeza.
Por isso, invista em um chuveiro econômico!

No próximo post trataremos a respeito do uso eficiente da água na hora de lavar a roupa.

Obrigada pela visita!

Economia de Água: A limpeza de sua casa gasta muita água?

Aprenda a Limpar sua Casa com Inteligência

IMAGEM DE MULHER LIMPANDO CASA

Limpar a Casa com Consciência

Oi gente,

Continuando nossa série sobre a economia de água, no post anterior, falamos sobre como cozinhar e lavar a louça consumindo pouquíssima água, agora iremos passar para a parte que sem dúvida é a maior vilã da história, a Limpeza da Casa.

Vamos começar pela limpeza da parte externa.

Vidros e Calçadas

Para a limpeza das vidraças, segue uma dica bastante simples e muito prática. Pegue aquele jornal velho do dia anterior. Encha um balde pela metade de água, acrescente um pouco de álcool ou vinagre, mexa bem. Agora molhe o jornal, e passe em toda a área manchada dos vidros.

Ao terminar reutilize o resto da água para a limpeza da calçada. Muita gente irresponsavelmente utiliza uma mangueira para lavar a calçada. Você precisa ter em mente que a sua calçada é um ambiente feito justamente para receber sujeira, pois fica exposta à rua. Para que ela fique realmente limpa sempre, você precisaria lavar toda a rua onde mora, pois a sujeira que está na calçada é justamente a que vem da rua.

Então, você vai passar sua vida lavando calçada, gastando água e mesmo assim ela não vai ficar limpa de verdade, pois ao primeiro carro que passar, vai trazer toda a poeira de volta.

O aconselhável, é que você apenas varra sua calçada, para isso compre uma vassoura de piaçava, que tem as cerdas bastante duras, facilitando a limpeza em regiões de difícil acesso.

É lógico que haverá casos onde a sujeira só sairá com água, então varra o menos sujo, e lave apenas a região que só sai com água.

Área interna

imagem de mulher passando pano nos móveis

Passe um pano úmido para tirar o pó

Na parte interna de sua casa, deve ser a parte que dê menos trabalho, afinal de contas, é limpo todos os dias.

Evite varrer a casa pois você “levanta” a sujeira, ao invés disso passe um pano em toda residência. Para essa missão utilizo o rodo mágico, uso um balde e carrego comigo.

Agora, sei que você está pensando: “Tati, por quê não usar o aspirador de pó?”

Porque estamos falando em economizar água e um aspirador consome em média 80kwats de energia, ou seja, 20 minutos com ele ligado é o mesmo que você desperdiçar 500 litros de água. Portanto, se você quer mesmo economizar: tenha coragem e esqueça o aspirador.

No nosso próximo artigo, falaremos sobre Banho.

Ah não esqueça de compartilhar e comentar, e dê sua sugestão sobre o assunto.

Beijos e até o próximo artigo.

Obrigada pela visita.

Economia de Água: Como lavar a louça? Como irei cozinhar?

Como poupar para não faltar.

imagemdeloucasuja

Acabou a Água? E Agora?

   Atendendo a vários emails, hoje vamos abordar um tema que está se tornando bastante comum para os habitantes do nosso Brasil, A Falta de Água. A verdade é que a maioria de nós possuímos pouca experiência neste assunto, afinal nunca precisamos nos preocupar com a falta dela.

  Então, conversei diretamente com uma de minhas leitoras do Instagram, a Rosana Vieira. Ela é  casada, empresária, tem três filhos, mora num apartamento na grande Recife, capital de Pernambuco.

   Como todos da região nordeste, ela  já está  acostumada a lidar constantemente com o problema de falta de água. Então divido com vocês um pouco da experiência dela.

Ao longo desta semana vamos tratar de alguns assuntos relacionados à água, como:

  • Limpar a Casa;
  • A hora do Banho;
  • Lavando as Roupas;
  • Cuidando das plantas e a higiene de nossos animais domésticos.

Hoje, iremos começar pelo tema que mais faz parte do nosso dia a dia: Fazer Comida e lavar a louça.

Vamos as dicas simples de nossa leitora, mais que fazem toda a diferença no final.

1- Louça do Café da manhã

   Use papel toalha para tirar o excesso de comida dos pratos, e coloque um pouco (bem pouco!) de água nas xícaras e copos, assim a sujeira vai soltando e facilita o processo de lavar.
Se possível, reserve para lava-la junto com a louça do almoço, tudo de uma vez.

2- Preparando o Almoço

        Em uma bacia média, ela deixa de molho frutas, legumes e verduras, com uma colher de água sanitária dentro, para matar germes e bactérias.
A mesma água pode ser reaproveitada, para lavar a pia, o tanque, e até o chão da cozinha.

legumes de molho na agua

Reaproveite à Água de Frutas e Legumes

         Você pode usar a panela à vapor para fazer o arroz, e aproveitar a parte de cima para cozinhar ao mesmo tempo os legumes. Se você não tiver a panela à vapor, você pode cozinhar os legumes primeiro, e água que sobra você cozinha o arroz.
Tanto o arroz como os legumes podem ser cozidos em quantidade suficiente para render por três dias, eles duram na geladeira tampadinho.

3- Lavar a louça do almoço e do café da manhã

     Novamente, você pode tirar o excesso com papel toalha. Primeiro ensaboe os utensílios e deixe para enxaguar tudo de uma vez.
A Rosana tem um truque:  Na hora de lavar a louça, o cano debaixo da pia é desconectado e um balde, desses de 20 litros, é posto no lugar, assim toda a água usada para lavar a louça, vai ser reaproveitada na lavagem do banheiro e como descarga. Eu adorei a ideia!

     Outra dica bastante  simples usada na casa, é  que cada criança tem uma garrafa dessas de refrigerante de 600 ml, cheias de água e ficam na geladeira, a água  é usada para escovar os dentes, assim evitam o desperdício, pois esta era a hora de maior desperdício. No começo as crianças até reclamaram, mais agora está no automático.

        Estas são apenas algumas dicas. Se você tem alguma que faz aí na sua casa, conte nos comentários!!

       No próximo artigo, continuaremos a nossa série sobre água, desta vez, falaremos sobre como lavar a casa, com pouco esforço e é claro economizando bastante água.

       Obrigada pela visita!!

Como organizar as roupas do bebê

Por aqui, já expliquei como fazer as dobras de roupas. No post de hoje vamos organizar as roupas do bebê.

Vamos começar ?

1 – A limpeza
A limpeza é um processo essencial na organização, as gavetas e armários pegam muito pó e essa sujeira acaba danificando as roupas. Principalmente aquelas que usamos com menor frequência.
Por isso, antes de guardar as roupas dobradas, limpe a superfície, com sabão de coco ou detergente neutro (apenas uma gota!), seque bem o local e somente depois de seco guarde as peças. A umidade atrai mofo e traças e não queremos isso, certo?
Essa limpeza, exige manutenção. Então, estabeleça uma rotina para periodicamente limpar as gavetas e armários. Por exemplo, você pode fazê-la sempre que for separar as roupas que não servem mais, ou precisam de algum reparo.
2 – Organização
As opções de organização são infinitas, e tudo depende do espaço que você tem. Listei as mais utilizadas abaixo:

  • Empilhadas:

Empilhe as peças por categorias, por exemplo, uma pilha de bodies de manga curta, outra de bodies de manga comprida, e assim por diante. Apenas, fiquem atentas para não empilhar muitas peças, porque não fica prático e na hora de tirar uma peça de roupa e cai tudo da pilha.

  • Rolinhos

No vídeo mostrei como fazer rolinhos, e eles são bem práticos tanto em espaço como em visualização da quantidade de peças disponíveis. É minha escolha preferida para peças que não ficam bem dobradas, de tecido mais mole sabe?

  • Escadinha ou Cascata

Esse sem dúvida é meu preferido, você consegue visualizar muito bem todas as peças, principalmente as estampas. E ganha muito espaço! Recomendo.

  • Cabides

Nos cabides, devemos guardar: os casacos, as blusas que não podem ser dobradas, vestidos e saias.
Para visualizarem melhor, organizei as peças da minha filha com várias possibilidades para que possam escolher qual se adequa ao espaço de vocês.

IMG_0229 edit

3 – Que perfume usar nas gavetas e armários?
O ideal é não perfumar esses ambientes, somente usar bolinhas de cedro para controlar a umidade do local e elas já são cheirosas. Principalmente os bebês costumam ter alergia de cheiros fortes, então, evitem a menos que tenham certeza que eles não são alérgicos. Não usem sabonete ou borrifem perfume em guarda roupas e gavetas, a umidade de ambos atraem traças, deixam mau cheiro e mancham as roupas. Ah, o armário deve ter cheiro somente de roupa limpa e não de produtos que passamos nele. Se preferirem ervas, optem por lavanda! Estou fazendo um teste aqui em casa, que se der certo compartilho com vocês ok?
É isso meninas, lembrem de adaptar a organização a realidade do espaço e da rotina de vocês. Façam um pouco por vez, e tenho certeza que conseguirão os resultados que esperam. E no que puder ajudar no processo, contem comigo! Escrevam aqui nos comentários as impressões de vocês ao colocarem as dicas em prática.

Com carinho,

Tati Melo

Como dobrar as roupas do bebê

Quando estamos a espera do bebê a tarefa que mais alegra as mães é organizar as roupinhas do enxoval. Não é mesmo ? Parece que essa é a tarefa que torna a chegada do baby algo bem real, próximo de acontecer.
Aí conforme eles vão crescendo o número de uso de roupas aumenta a cada dia e na hora de manter tudo organizado parece quase impossível não é?
Eu sei, sou mãe também, sofro desse mesmo mal rsrs

Por isso resolvi dividir a organização de roupas de bebê em duas etapas: como dobrar e depois, como organizar. Combinado ?

Para esse post gravei um vídeo com o passo a passo de dobras das peças que mais usamos nos bebês.

Espero que gostem e pratiquem muito.

Se tiverem alguma dúvida, deixem nos comentários.

Grande beijo!!!