Consultora de Imagem dá dicas definitivas para consumo consciente

Leitoras, clientes e amigas com frequência argumentam que precisam de um espaço maior para guardar suas roupas. Será que temos pouco espaço, ou o correto seria afirmar que temos mais peças do que conseguimos vestir? E quando digo conseguimos, significa que na maioria das vezes compramos roupas que no fim das contas, não combinam conosco, com nosso estilo de vida, com os lugares que frequentamos, etc.
Pensando em ajudar você nessa missão, hoje a Consultora de Imagem e Produtora de Moda, Rachel Moniz, nos deu uma entrevista recheada de dicas!Ela contou que  “Uma das grandes reclamações de quem procura a Consultoria de Imagem é de ter um armário lotado de roupas que não funcionam bem entre si, além de peças esquecidas e sem função”. Viu? Você não está sozinha !

OSCRachel4

Como funciona a consultoria de imagem.

A Consultoria tem como objetivo harmonizar a identidade visual da cliente com os valores que ela quer transmitir ao mundo. Frase complicada, né? Explico: Todos nós temos personalidades únicas. Acreditamos em coisas diferentes, temos rotinas distintas, e estilos de vida variados. Cada um de nós deseja passar uma mensagem aos outros; alguns querem ser mais sérios, outros mais jovens, muitos querem passar credibilidade ou uma imagem descolada. A Consultoria serve exatamente para isso, ela te ajuda a traduzir o que você quer através da comunicação não-verbal, ou seja, a sua imagem. É um trabalho que vai muito além da moda ou das últimas tendências; ajuda a cliente a construir uma imagem mais forte, consistente, com personalidade. Não é somente um guia rápido do que vestir, mas um ensinamento de como se vestir melhor, como comprar de forma mais inteligente e gastando menos, como perder menos tempo na hora de se arrumar e abrir a mente da cliente para novas e criativas produções. Sem dúvidas, a maior lição das clientes ao fazerem a Consultoria é o autoconhecimento que ganham, pois aprendem a conhecer melhor seu tipo físico e o que lhes valoriza, além de entenderem melhor o seu estilo e como chegar a um objetivo.

Qual o perfil da pessoa que deve contratar uma Consultora de Imagem?

Não existe um perfil específico, todas podem fazer Consultoria. Existe um preconceito de que quem contrata a Consultora de Estilo é cafona ou não sabe se vestir. Isso é uma tremenda bobagem. Que mulher não quer se conhecer melhor? Quem não quer saber o que lhe valoriza e o que lhe prejudica? Não é muito melhor se conhecer profundamente? Já tive clientes de diferentes faixas etárias, diferentes níveis sociais, com diferentes propósitos, mas todas com um objetivo em comum: se conhecer melhor e se vestir bem!

OSCRachel3

A Consultoria de Imagem melhora o consumo, ou seja, torna ele mais consciente?

Sem dúvidas! Acho que o pedido de ajuda que mais recebo é: tenho um armário abarrotado, mas nunca tenho nada pra vestir. Como assim, gente?! Hoje em dia, a mídia e o trabalho das fast fashions trouxe um senso de que roupa é descartável. As grandes marcas lançam coleções nas passarelas, pra um mês depois termos diferentes versões na Forever 21 a precinhos acessíveis. Mas quem disse que isso é saudável? Não estou dizendo que devemos comprar roupas caras (aliás, esse é outro mito que tento combater), mas a Consultoria te ensina a comprar peças que você realmente precise. Não adianta você gastar todo o seu salário na Renner e não comprar peças neutras, versáteis, que combinem entre si.

Já tive clientes que tinham mais de 20 pares de calças jeans, e uma coisa eu garanto a vocês: NENHUMA mulher precisa do que mais de 5 calças jeans no armário (e olhe lá!). Como consumimos com muita emoção, é claro que é difícil resistir àquela calça linda, toda estampada que está na promoção numa loja cara, mas antes de comprar, pense se ela combina com pelo menos outras 5 peças do seu armário. Se a resposta for negativa, acho que não vale tanto assim compra-la.

 

OSCRachel

Conta pra gente quais são as peças chaves para se ter no Closet?

Olha, essa é uma pergunta muito difícil de ser respondida, já que todo mundo tem necessidades diferentes. Nessas listas pela internet eu sempre vejo que toda mulher tem que ter um trench coat por exemplo, mas aqui no Rio nem tem clima pra isso, pra que eu vou mandar alguém ter um desses?!

Mas vou me arriscar e sugerir algumas peças básicas:

– Camisa branca. Elas são altamente versáteis, podem ser usadas em diferentes produções, com diferentes propostas e são muito elegantes.

– Calça jeans flare. As flares voltaram dos anos 70 para ficarem de vez. Esse modelo valoriza todos os tipos de corpo e dão um up em qualquer look sem maiores esforços.

– Uma blusa branca e uma preta, lisas, retas, sem maiores informações. É incrível como dá pra montar vários looks com uma blusa preta ou branca lisas. Dá pra brincar com acessórios, com terceira peça, usar com calça, short ou saia, enfim, é super coringa.

– Casaqueto neutro. Pode ser blazer, cardigã ou jaqueta, o importante é que seja de uma cor neutra, como bege, caramelo ou cinza. Eu não encaixaria o preto nestas cores neutras, por que, ao contrário do que as pessoas pensam, o preto não é tão neutro assim, ele pesa visualmente.

– Calça de alfaiataria. Mesmo para pessoas que trabalhem em ambientes informais, é essencial ter pelo menos uma calça social no armário. Sempre surgem entrevistas, ou ocasiões super formais na última hora e ter uma calça reta no armário faz toda a diferença. Opte por preto, bege ou azul marinho.

– Sapato neutro. Algumas meninas têm mais de 50 pares de sapatos, de todos os tipos, cores, formatos, mas na hora de escolher um sapato simples, que combine com tudo… não tem! Sapatos neutros devem ser REALMENTE neutros, sem fivelas, estampas ou penduricalhos. Em uma produção cheia de peças chamativas, o sapato deve ser um simples coadjuvante, para não ficar confuso visualmente.

OSCRachel2

Como você acha que a organização contribui para esse processo?

É fundamental. Quando você tem um armário abarrotado, você não consegue enxergar as coisas que tem, logo acaba usando sempre as mesmas peças e criando uma monotonia nos seus looks. Imagine só, não é muito melhor ter todos os seus sapatos à mostra, enfileirados e limpos, do que ter todos eles misturados, jogados num canto do armário? Você nem sabe o que tem!

Além disso, na hora de comprar uma roupa nova, é muito melhor ter uma visão geral das coisas que você já possui, para poder comprar peças que combinem com o já existe no seu guarda-roupa e evitar comprar coisas iguais.

Para quem quer saber mais, a Rachel atende clientes presencialmente no Rio de Janeiro, mas também faz Consultoria online, através de Skype ou Facetime (além de ficar horas com a cliente no Whatsapp, hehehe).

 As fotos foram concedidas pela Ra direto do seu acervo pessoal.

Obrigada pela visita!
Beijinhos